Highslide for Wordpress Plugin
Ações Sociais

 

Centro de Promoções Sociais Maria Antônia Celani

Zeloso com todos os aspectos que envolviam a comunidade local, padre Bruno encontrou em Ferrúcio Celani a pessoa indicada para levar avante um dos seus grandes objetivos em montar um Posto de puericultura, cuja principal função era dar assistência aos menos favorecidos.

Em 1949 Ferrúcio Celani doou uma área de 3.000 m2, onde hoje funciona a Casa do Adolecente e uma Escola de idiomas, na Rua Itália 267 para a instalação do primeiro posto de Puericultura de Valinhos. No ano seguinte, 1950, acontecia a inauguração sendo homenageada a Sra. Maria Antônia Celani, progenitora de Ferrúcio Celani, que havia falecido naquele ano.

Nesta época, o único recurso de saúde existente na cidade era o Posto de Saúde, mantido pelo Estado. O Posto de Puericultura foi o primeiro órgão assistencial de Valinhos, onde eram distribuídos leite e medicaremos  aos mais necessitados. Consultas  gratuitas, vacinas e orientação sanitária, cujo trabalho foi dirigido durante mais de 12 anos pelo Dr. Silvio Antoniazzi.

Mais tarde foi criada a Associação de Proteção a Maternidade e Infância de Valinhos, obra mantida pela Igreja Católica, através da Paróquia de São Sebastião.

“O trabalho realizado pelo Posto de Puericultura foi o grande responsável pela diminuição da mortalidade infantil em Valinhos e pioneiro na assistência pré-natal”, lembra Dr. Silvio.

Na década de 70, quando foi construído o Centro de Saúde na Vila Santana, todas as atividades deveriam ser concentradas no local e as instalações do Posto de Puericultura ficariam desativadas, enquanto aguardava uma outra finalidade.

Foi nesta época, por iniciativa do padre Leopoldo Petrus Van Liempt, que foram iniciadas as primeiras reuniões visando instalar a APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais cuja implantacão aconteceu oficialmente em 11 de abril de 1971.

Com a desocupação do Posto de Puericultura, a Associação de Proteção a Maternidade e Infância de Valinhos, cuja presidência estava a cargo do Dr. Ruy Meirelles, o local foi cedido para a APAE.  Com uma nova sede a APAE foi transferida para o Lenheiro . Com as mudanças, sem perder a missão confiada, atualmente denominado Centro de Promoções Sociais Maria Antônia Celani, gera recursos que beneficiam algumas ações sociais da cidade ligada à proteção e educação de crianças.

 

 

COHCRIC “Centro de Orientação Humana e Cristã Santa Rita de Cássia”

Entidade iniciada como Pastoral do Menor foi inaugurada no dia 16 de novembro de 1997, com a iniciativa de um grupo de agentes apoiados pelo então pároco Padre João Luís Fávero.

Funciona num prédio projetado pelo engenheiro Paulo Bevilaqua Penteado que também executou e supervisionou a obra, num total de 350 metros quadrados. A Pastoral do Menor , hoje COHCRIC, está instalada no Jardim Santa Maria, e hoje e mantida pelo Centro de Orientação Humana e Cristã Santa Rita de Cássia.

O COHCRIC “Centro de Orientação Humana e Cristã Santa Rita de Cássia” é uma Entidade sem fins lucrativos que está inserida em uma das áreas de maior vulnerabilidade do Município de Valinhos/SP. Nasceu pela necessidade de se garantir atendimento e saídas às problemáticas apresentadas pela população que carecia de assistência e de amparo em diversas questões.

A Entidade, apesar de ter o foco prioritário no atendimento às crianças e adolescentes, garante também atendimento à comunidade e às famílias.

O COHCRIC atua na garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente há 15 anos e ao longo desse tempo vêm se profissionalizando e estabelecendo parcerias que proporcionam melhorias nos serviços oferecidos e na qualidade dos Projetos desenvolvidos.

Atende crianças de 6 a 12 anos, desde que matriculados nas escolas da região. Entre as suas metas estão o fortalecimento dos vínculos familiares, motivação permanente, facilitando-lhes os meios para a formação cristã e humana.

 

 

Vila Solidária – Casa de Acolhida Santa Rita de Cássia

Este nome fantasia quer expressar o princípio do projeto que não quer ser uma casa de recuperação nem apenas de cuidados temporários, mas criar naqueles que aí estão o sentido de solidariedade, seguindo estes princípios:

Vila – No sentido antigo de proximidade com o mundo atual e relações próximas de um grupo que se identifica e busca soluções em conjunto na prática para melhorar o ambiente comum.

Solidária – Traz como origem também a partilha solidária entre os que vivem na casa de acolhida e a sociedade em geral, buscando fomentar o sentido de mutua ajuda e responsabilidade de todos.

A casa de Acolhida Santa Rita de Cássia trabalha com absoluta prioridade à denominada população de rua e hiposuficientes em geral, concedendo preferência aos mais necessitados. Tendo sua origem em 2016, quando alguns jovens da cidade, em uma ação solidária, se juntaram para dar janta às pessoas em situação de rua que se encontravam em Valinhos, surgiu a necessidade de ir mais além, e oferecer mais dignidade a estas pessoas.

Surgiu assim o espaço para acolhê-los no Centro Pastoral da Paróquia São Sebastião, oferecendo assim uma assistência mais efetiva. Com o final do inverno o projeto chegou ao fim, mas a situação de carência continuou. Sendo assim, no ano de 2017, pensamos em ir mais além, com local definido e trabalho mais efetivo.

Conheça mais e ajude neste projeto! www.vilasolidaria.com.br/home

Imprimir