Highslide for Wordpress Plugin
Vigário Paroquial

VIGÁRIO PAROQUIAL

Padre Rodrigo Catini Flaibam

pe-rodrigo
Padre Rodrigo Catini Flaibam nasceu no dia 27 de novembro de 1977, em Amparo, SP, filho de Ranieri Flaibam e Luiza Catini Flaibam.

Fez o curso primário e o ginasial na Escola Estadual “Rangel Pestana” em Amparo de 1985 a 1992; o colegial no Liceu “João Belarmino” da Fundação “Paula Souza” de 1993 a 1995, formando-se Técnico em Contabilidade; o ensino superior obtendo os títulos de Bacharel em Filosofia na PUC-Campinas, de 1996 a 1998, e Bacharel em Teologia na Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, São Paulo, pelo Instituto de Teologia da PUC-Campinas, de 1999 a 2002.

Foi ordenado diácono em 16 de agosto de 2002 e sacerdote em 14 de fevereiro de 2003 na Catedral Metropolitana de Campinas por Dom Gilberto Pereira Lopes. Exerceu o ministério diaconal na Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio, em Monte Mor, onde posteriormente, também, atuou como Vigário Paroquial, no período de 16 de fevereiro até 09 de julho de 2003.

Em 10 de julho de 2003 foi nomeado, por Dom Gilberto Pereira Lopes, para a Paróquia São Cristóvão, de Valinhos, como Administrador Paroquial e como Pároco em 19 de dezembro do mesmo ano até 31 de janeiro de 2010. Em 08 de dezembro de 2005 foi nomeado, por Dom Bruno Gamberini, Vigário Forâneo da Forania Santa Cruz (Valinhos e Vinhedo) por um triênio.

Em janeiro de 2010 foi nomeado, por Dom Bruno Gamberini, Assessor de Imprensa da Arquidiocese de Campinas e Vigário Paroquial da Paróquia Santa Rita de Cássia, em Campinas.

Com as reformulações da Assessoria Arquidiocesana de Comunicação, pleiteadas pelo 7º Plano Arquidiocesano de Pastoral, conduziu o processo de renovação e investimento no profissionalismo, equipamento e gestão, criando um único departamento para os meios de comunicação diocesanos batizado de “Setor Imprensa”, do qual foi o primeiro Diretor, até 05 de janeiro de 2016. Foi o responsável pela criação do Sistema de Gerenciamento Eclesial, denominado “Ecclesia”, que interligou os dados pastorais e contábeis de todas as Paróquias e Cúria. Participou do processo de aquisição da Rádio Brasil Sociedade Ltda. (AM 1270 kHz), em 07 de outubro de 2011. Reformou os meios de comunicação oficiais existentes, transformando o centenário Órgão Oficial da Arquidiocese de Campinas “A Tribuna”, em um boletim gratuito e de maior tiragem para as paróquias, em abril de 2012. Criou a primeira revista exclusivamente digital da Igreja Católica no Brasil, chamada “Revista Digital Lumen”, para internet, tablets e dispositivos móveis (smartphones), em setembro de 2012. Em 08 de dezembro de 2012, consolidando e ampliando a presença alcançada nos meios digitais, lançou um novo portal da Arquidiocese de Campinas interligado às principais redes sociais e ferramentas da rede mundial de computadores e dispositivos móveis.

Na Paróquia Santa Rita de Cássia atuou em comunhão com o Pároco Monsenhor Fernando desempenhando papéis de animação pastoral junto à Catequese, Liturgia, Pastoral dos Noivos, Ministros Extraordinários e Pastoral do Batismo, coordenou e animou a Comunidade São Francisco de Assis na Vila Brandina, inclusive reformando-a; contribui com a Pastoral da Comunicação e Conselho de Pastoral Paroquial. Na enfermidade do Monsenhor Fernando, em 2010, atuou por 6 meses como o Administrador Paroquial. Sua presença foi sentida cotidianamente nas celebrações das missas e atendimentos aos fieis, acolhedor e afável, dado ao gosto pelas pregações e homilias preparadas com esmero. Desde 2011 coordenou a devoção ao Papa São João Paulo II e à Nossa Senhora do Monte Claro, de quem se considera devoto, celebrando novena perpétua semanalmente nas missas das quartas-feiras. Na Comissão Jubilar do Cinquentenário da Paróquia Santa Rita assessorou as questões ligadas à restauração e arte do templo.

Dado ao gosto pela arte, arquitetura e tradição, somado à facilidade com os programas de edição de imagens digitais, criou vários “logos” e selos, o brasão e bandeira oficiais da Arquidiocese de Campinas. Heraldista eclesiástico, desde 2003, recebeu a provisão com o Nihil Obstat e Aprovação Eclesiástica para esse trabalho por Dom Bruno Gamberini, em 05 de janeiro de 2010. Cria brasões e chancelas para dioceses, cardeais, bispos e organismos da Igreja Católica nacional e internacional. Em 08 de dezembro de 2010, lançou pela assessoria de comunicação diocesana, o livro “Armorial da Arquidiocese de Campinas”, reunindo o conjunto de brasões da Igreja Particular de Campinas: bispos, paróquias e principais organismos.

Em 05 de janeiro de 2016, foi nomeado por Dom Airton José dos Santos, Vigário Paroquial da Paróquia São Sebastião de Valinhos, onde já atuava como colaborador desde julho de 2015.

Imprimir