Paróquia São Sebastião

Rua Padre Manoel Guinot, 74 - Centro - 13270-030 - Valinhos, SP

Tel: (19) 3871 8882

Artigos › 15/02/2021

5 títulos da Virgem Maria que talvez você não conheça

O título mais antigo da Virgem Maria é, simplesmente, “mãe”. Foi o nome que Jesus usava e é o nome que os cristãos têm usado desde então. O nome “mãe” descreve o papel de Maria em nossas vidas como uma mãe espiritual, que nos assiste e cuida de nós em nossa necessidade.

No entanto, ao longo dos séculos, os santos, bispos e papas da Igreja deram-lhe toda uma ladainha de nomes, como pode ser visto na tradicional Litania de Loreto. Esses nomes são geralmente autoexplicativos e geralmente fazem sentido. Porém, há outros títulos dados à Virgem que você nunca imaginaria. Por exemplo, por que Maria é comparada a uma torre? Ou a um velo?

Aqui estão cinco desses títulos, juntamente com uma breve explicação, através da qual esperamos derramar alguma luz sobre esses nomes menos conhecidos da Santíssima Virgem Maria.

Torre de Davi
A primeira menção deste título vem do Cântico de Salomão, onde Deus é retratado como um amante que está descrevendo a beleza de sua amada. Nele, encontramos: “O teu pescoço é como a torre de Davi, edificada para pendurar armas; mil escudos pendem dela, todos broquéis de poderosos” (Cântico dos Cânticos 4: 4). Maria é muitas vezes vista como um símbolo da Igreja, a noiva de Cristo, e, assim, o título aponta primeiro para este aspecto espiritual do papel de Maria na história da salvação. Em segundo lugar, o rei Davi construiu uma torre na cidade de Jerusalém para proteger o povo dos assaltos do inimigo. Maria é uma mãe protetora e fará tudo o que precisar para defender seus filhos espirituais. Ela é uma forte edificação, um lugar de refúgio da nossa alma durante a guerra. O título nos encoraja a nos aproximar dela para protegê-la e a ver nela a imagem da noiva perfeita de Cristo.

Torre de marfim
Outra torre, mas desta vez a torre é de “marfim”. Novamente, este título aparece primeiro no Cântico de Salomão em um cenário semelhante. Deus fala novamente: “O teu pescoço é como uma torre de marfim” (Cânticos 7: 4). O marfim é de cor branca e se relaciona com a identificação de Maria como “Imaculada Conceição”. Este título lembra-nos a pureza de Maria e nos impele a imitar a sua completa fidelidade a Deus.

Estrela da Manhã
A estrela da manhã é conhecida como a última estrela no céu antes do nascer do sol. O cardeal John Henry Newman explica, “é prerrogativa de Maria para ser a estrela da manhã, que anuncia o sol. Ela não brilha para si mesma, ou de si mesma, mas ela é o reflexo dela e do nosso Redentor, e ela O glorifica. Quando ela aparece na escuridão, nós sabemos que Ele está perto. Ele é o Alfa e o Ômega, o Primeiro e o Último, o Início e o Fim. Eis que Ele vem depressa, e Sua recompensa está com Ele, para render a todos segundo as suas obras. Amém.Vem, Senhor Jesus”. Isto nos ensina que nós também somos chamados a ser anunciadores da luz de Cristo e a apontar sempre para o Sol que nunca se põe.

Destruidora de heresia
De acordo com o Padre Paul Scalia, “Em [sua encíclica carta] Pascendi dominici gregis, o Papa Pio X invoca a Santíssima Virgem Maria pelo título de “destruidora de todas as heresias”. O título tinha um significado particular em Pascendi, que foi escrito em 1911 contra o modernismo, a “síntese de todas as heresias.” Diante dessa crise, era apropriado apelar à destruidora de todas as heresias. “No livro do Gênesis, muitos interpretaram Maria como a que disse que iria esmagar a cabeça da serpente e do diabo. Como a heresia (ou algo falso) vem diretamente da boca de Satanás, Maria é vista como aquela que pode destruir a heresia. Somos lembrados, então, que Maria é nossa protetora da heresia e nos leva à verdade.

Velo de chuva celestial
Em um comentário sobre os Salmos, John Mason Neale escreve: “Bem, eu digo, Maria é comparada a um velo, pois do seu fruto as vestes de salvação são tecidas para os povos. Maria é verdadeiramente um velo, porque do seu seio macio brotou o Cordeiro, que Ele mesmo usando a lã de Sua Mãe, isto é, a carne, cobre as feridas de todas as nações com um velo macio. Pois a ferida de todo pecado é vendada com lã de Cristo, fomentada com o Sangue de Cristo. Além disso, Maria é vista como um velo puro de que Jesus descendeu na Anunciação”. O Salmista ainda diz: “Ele descerá como a chuva em um velo ” (Salmos 72: 6), isto é, gentilmente e imperceptivelmente, Ele descerá à Virgem, porque Ele virá com toda a humildade”. Este título traz novamente à mente a pureza de Maria e lembra a mansidão da Anunciação e como Deus veio para habitar entre nós.

Fonte: Aleteia / Imagem: Reprodução web



Horários

Missas:

Todos os dias:
às 7h

Segunda, sexta, sábado e domingo:
às 19h

Domingo:
às 9h

Saiba +

Confissões

Acesse Aqui

CONFISSÕES


(Atendimento feito pelos Padres)

Ligar na Secretaria Paroquial para confirmação dos horários.

terça-feira: das 14h às 16h30
quarta-feira: das 9 às 11h30
quinta-feira: das 14h30 às 17h
sexta-feira: das 9h às 11h30
sábado: das 9h às 11h.

Escuta Cristã

Acesse Aqui

ESCUTA CRISTÃ


(Atendimento feito pelos Ministros da Pastoral)

Segunda-feira das 8h às 12h e das 16h às 18h
Terça-feira: das 8h às 12h e das 12h às 16h
Quarta-feira: das 8h às 11h30 e das 15h às 17h
Quinta-feira: das 8h às 11h30 e das 14h às 16h
Sexta-feira: das 10h às 12h, e das 14h às 17h

Capela Virtual

Siga-nos nas Redes Sociais

@psaosebastiaosp @saosebastiaovalinhos